BREVE VISÃO DO PRIVADO E DO PÚBLICO

5
Print Friendly, PDF & Email

Toda grande empresa privada possui em seu “staff”, pessoas do mais alto grau de capacitação e competência, sempre buscando a consolidação da marca, a satisfação do cliente, a inovação, a oferta de produtos de qualidade, o aumento das vendas e é claro, o lucro.

O lucro possibilita a ampliação e a diversificação de investimentos, lançamento de novos produtos e a consequente conquista de novos mercados.

Para que isso ocorra, é necessário planejamento sério e confiável, indicando metas a serem atingidas. Entender as tendências do mercado, o trabalho em equipe, o diálogo franco, ouvir as idéias dos colaboradores, disponibilizar condições para o trabalho criando um ambiente salutar, reconhecer e recompensar o trabalho exitoso.

Tudo isso é de fundamental importância. Porém, todos devem ser e são “cobrados” sobre suas responsabilidades. Quem não produz ou não alcança metas estabelecidas previamente na iniciativa privada, geralmente perde o emprego, dando oportunidade a quem quer mostrar serviço.

O chefe é o espelho, é o motivador das pessoas, liderando-as no caminho desejado. Lee Iacocca celebrado executivo americano que após sair da Ford conseguiu salvar a Chrysler da falência, disse que: “o administrador não é mais do que um motivador de pessoas”. Sem dúvida é preciso equipe motivada para o sucesso. Sem liderança não se vai a lugar nenhum.

Já no setor público “cobrança” de resultados soa estranho. O planejamento deve ser só pra constar que existe alguma coisa nesse sentido, pois como explicar tantas obras inacabadas? Condições de trabalho e motivação de pessoas é raro. O resultado evidentemente não se vê.

Se existem problemas em áreas importantes, não deve ser por falta de recursos, e sim a não compreensão de que a população aumentou demandando mais serviços por parte do poder público em todo o país.

Deve-se entender que as necessidades da população hoje são outras e mais complexas. Saúde de ponta, transporte coletivo digno, segurança efetiva, infraestrutura excelente, já que todos pagam impostos e taxas, e quem paga tem o direito de receber um bom produto ou serviço.

O lucro do setor público deve ser a satisfação do povo, afinal o gestor público existe pra isso, se de alguma maneira não consegue planejar, motivar pessoas e nem atingir resultados, deve ser despedido pelo cliente, que é o povo.

Lembrando Lincoln: “ governo do povo, pelo povo e para o povo”.

Se o dono do poder que é o povo não está satisfeito, ele mesmo tem os instrumentos e o poder de mudar tudo.

Heraclides Pereira Filho

Coronel do Corpo de Bombeiros Militar-To