A tradicional confraternização da Asmir reuniu cerca de 1.800 pessoas nesta sexta-feira, 16, em Palmas. Os associados e familiares se divertiram ao som de muita música e um jantar feito com cardápio variado.

O III Baile de Confraternização da Asmir em Palmas teve um tom de despedida do presidente fundador da entidade Capitão Sulino, que lembrou em seu pronunciamento dos 20 anos de criação da Asmir e do apoio que recebeu dos associados para desenvolver ações de interesse da categoria.

“ Nesses 20 anos, quero agradecer primeiramente a Deus por ter nos conduzido até aqui. Nesse período fiz o meu melhor, aliás o que os senhores me ajudaram a construir. Quero agradecer a cada associado e a cada integrante da diretoria, tivemos oito mandatos e em todos vocês nos apoiaram. O ano de 2022 foi um ano de muitas lutas, mas a nossa entidade cumpriu seu papel. Em março de 2023 teremos eleições e vocês irão escolher o melhor para seguir o trabalho da Asmir. Desejo um Feliz Natal e Prospero ano novo a todos”, concluiu o presidente Sulino.

O vice-presidente da Asmir coronel Joaidson Albuquerque disse que encerra o ano com a sensação do dever cumprido. ” A nossa maior preocupação é desenvolver ações de interesses dos nossos associados. As confraternizações são uma tradição com o objetivo de integrar de forma regional os nossos sócios e familiares”, afirmou.

Também para a Diretora Secretária da Asmir, Major Reginalda as confraternizações vão além de festas. ” São oportunidades para  reencontrarmos os amigos. Na festa em Palmas, reencontrei um amigo que se formou comigo, isso não tem preço, explicou.

Durante a confraternização, a Diretora de Patrimônio da Asmir, Selma Nunes, declarou que sente orgulho de representar as pensionistas na entidade e que em duas décadas de história o maior patrimônio da Asmir são os associados.

Galeria de fotos, confira no link:

https://we.tl/t-BhXFjZNqfH

https://drive.google.com/drive/folders/1vW8X_PQ2OEWzYFFaCCGPSkjIuYceauTn?usp=share_link