A Asmir completou nesta quarta-feira, 19, duas décadas de existência contribuindo com a busca e a manutenção dos direitos e benefícios de militares da reserva, reformados, da ativa e seus pensionistas. E para comemorar os 20 anos de história da entidade, a diretoria da ASMIR celebrou a data com um saboroso Café da Manhã oferecido aos sócios com direito a bolo especial aos aniversariantes dos meses de setembro e outubro.

As comemorações foram realizadas na manhã desta quarta-feira, no prédio do Anexo II, localizado na Arse 21, em Palmas.

 

CRIAÇÃO DA ASMIR

A Asmir é a primeira entidade criada no Estado do Tocantins para buscar direitos dos  militares inativos e pensionistas da Polícia Militar do Tocantins, sendo fundada em 19 de outubro de 2002. Quando foi criada, a entidade recebeu o nome de ASMIPETO – Associação dos Militares Inativos e Pensionistas da Polícia Militar do Estado do Tocantins e em 2006 foi denominada Asmir.

 

O presidente fundador da Asmir, capitão Sulino, recordou que com o apoio dos diretores foi possível viabilizar e criar esta associação.

” Hoje estamos alegres com os 20 anos da Asmir. olhamos para trás e entendemos que fizemos muito: Recuperamos nossos direitos e temos uma entidade consolidada e defensora dos direitos e benefícios dos militares tocantinenses. Então temos uma associação bem alicerçada e com seu patrimônio que tem no sócio seu bem maior”, afirmou.

O presidente interino da  ASMIR, coronel Joaidson Torres Albuquerque, também destaca os benefícios já conquistados até aqui. “São vários benefícios aos nossos associados, tendo como ponto de destaque a paridade e a integralidade entre ativos, inativos e pensionistas.

A entidade foi sempre ativa em suas ações, contribuindo de maneira positiva no direito às progressões horizontais que hoje são realidade para todos os militares tocantinenses”, explicou.

 

A comemoração dos 20 anos da Asmir reuniu muitos associados entre eles o cabo Antônio de Pádua Neres, que é sócio fundador da Asmir desde de 2002.

” A Asmir é a melhor associação que tem no estado. Se observa isso, pelo trabalho que faz em prol dos associados, estou satisfeito em fazer parte dessa entidade”, declarou.